Arrumando a mala!

Olá, Divin@s!
Como estamos em mais um dia? Por aqui é só alegria, animação e ansiedade!! Como eu disse ontem, vou viajar amanhã com a Mamis. Vamos para a grande Nova York…brasileira, ahá te peguei! São Paulo nos aguarda! Vamos para comemorar o aniversário de um dos meus tios e por lá vou passar cerca de 15 dias. Amanhã pela manhã embarco e, só volto depois do natal.
Como essa também será a trajetória de muit@s div@s, achei por bem colocar umas diquinhas de como arrumar sua mala. Mesmo sendo um div@, dá para otimizar o espaço e carregar tudo o que você precisa e não precisa, sem muito aperto. Então vamos lá!
Diquinha 1 – A viagem
Você precisa ter em mente o tipo de viagem que quer ter. Vai ser para bater perna e turistar? Turistar implica em pegar ônibus, metrô, andar horrores etc. Você quer conhecer alguns pontos específicos, mas vai permanecer mais no hotel ou em determinado lugar? Seu maior interesse é viver a vida noturna, virar as noites e dormir de dia? Saber o que você quer da viagem ajuda muitíssimo na triagem das roupas, sapatos e acessórios. Para cada uma delas existe um nível de conforto e divez exigida. A minha é para turistar e bater perna até dizer chega! Conhecer todos os pontos lindos de cultura, tudo quanto é feira, a liberdade, a 25, enfim, sacoleira!
Diquinha 2 – A cidade
Tão importante quanto o tipo de viagem é saber a quantas anda o tempo de lá. E hoje não existe mais desculpinha, provavelmente você já tem o aplicativo da google (google news) que, além de te deixar informado com as notícias do mundo, ainda mostra o clima/tempo da cidade que você definir. Lá em Sampa tem chovido quase todos os dias, mas em períodos específicos e as temperaturas não caíram tanto, tendo a mínima de 19º e a máxima de 32º. Além disso, monte um roteiro dos lugares que quer conhecer, visitar. Informe-se! Existem inúmeros blogs de viagem e, por vezes, a própria cidade disponibiliza os roteiros turísticos. Montar um roteiro de viagem, otimiza o seu tempo de tal forma que você pode aproveitar mais o lugar.
Diquinha 3 – Escolhendo as roupas
Esse é o momento mais tenso da Terra porque eu tenho certeza que, assim como eu, você não consegue desapegar das coisas do seu armário. Eu quero levar tudo, eu acho que tudo é importante, eu acho que vou precisar de tudo, que vou me arrepender de ter levado. Mas depois das diquinhas 1 e 2 fica mais fácil fazer isso. Como eu vou turistar minha prioridade é conforto total e pleno, de preferência. Vocês sabem eu tenho hérnia e sou gorda, não posso sair por aí com sapatos altos ou desconfortáveis e andar por horas, eu simplesmente não consigo. Então optei por estar mais despojada, de camiseta e tênis, mas para momentos de saída noturna ainda consigo me sair bem.
Na minha mala vão:
3 – calças;
2 – vestidos;
3- camisetas do coração que eu amo demais e sem elas eu não vivo;
3 – regatinhas;
2 – blusas para frio leve;
1 – blusa para frio moderado;
E, esqueci de tirar foto, ainda vão dois casaquinhos para frio leve;
1 – pijamas;
Um monte de roupas de baixo e meia.
Vai por mim, eu não vou precisar de mais do que isso e ainda tenho pretensões de fazer umas comprinhas, nada que a 25 não resolva.
Diquinha 4 – Necessaire
Gente desapega! Eu sei que a nossa rotina de cuidados é intensa, mas para a sua mala conseguir andar é preciso moderação. Pegue aqueles itens que são IMPRESCINDÍVEIS na sua vida. Na minha necessaire, por exemplo, não levo shampoo e condicionador, porque como meu cabelo não tem nenhum produto especial, felizmente ele se adapta muito bem e eu uso qualquer um que estiver no mercado, prefiro comprar na viagem. Não levar esses produtos, já economiza algum espaço que pode ser preenchido com maquiagem, muahahahaha!
 
Os meus itens de sobrevivência:
Desodorante;
Creme para pele;
Minha linha pure zone para o rosto oleoso;
Protetor solar;
Demaquilantes;
Escova de cabelo;
Escova de dente;
Gilete;
Disco de algodão;
Cotonete, não vivo sem.
Depois eu inclui: tenis pé e absorventes!
Diquinha 5 – Sapatos
Se você internalizou a primeira dica, ficou fácil né? Como eu falei não posso fazer estripulias, então peguei os sapatos do conforto para andar loucamente, mas ainda assim leve uns dois sapatos mais “ajeitadinhos” para sair, ou eventinhos. Agora para ruar, aproveite as alpargatas e tênis, porque para andar na 25 tem que ter disposição tem que ter habilidade.
Diquinha 6 – Ajeitando as malas
Para mim esta forma de arrumar a mala é a melhor da Terra. O espaço é todo preenchido e cabe muita coisa. Vamos lá? Coloque as calças jeans por baixo, fazendo uma “cama” preenchendo todo o fundo. Para as blusas e vestidos, dobre e enrole. Peça tipo conjuntinho podem e devem ser enroladas juntas. Não vai amassar sua roupa e ainda te dá um espação lindo! Para os sapatos o ideal é separá-los em saquinhos individuais próprios, mas como eu não tinha e não tive tempo hábil para comprar, utilizei uma eco bag que tenho e encaixei todos os sapatinhos. Por fim, dobro todas minhas roupas de baixo e sobreponho às demais. O espaço separado da mala, aquela redinha, uso para colocar os cabos e fios que vou levar.
Olha aí as horas de tetris jogadas na infância. sendo aplicadas.
**Diquinha da vida: somente você vai tratar sua mala com o amor e carinho que ela merece. Por isso, certifique-se que os itens considerados frágeis estejam cercados de roupas para amortecer os impactos ou leve-os como bagagem de mão. As minhas maquiagens e computador, sempre vão comigo! Sinto maior segurança, por questões de “ladronagem” e pelo cuidado e carinho que tenho por esses itens. É muito frustrante abrir a mala e ver suas sombras todas escangalhadas! 
 
Sigam essas diquinhas e podem viajar tranquil@, sem medo de faltar roupa ou de pagar excesso de bagagem! Então é isso, vou mandando notícias e amanhã já coloco como foi tudo. Beijo diva em vocês!

3 Comment

  1. Adoreiiii May!! Não deixe ir ao Bom Retiro, dá para fazer muitas comprinhas com preços bacanas!

  2. Iovane Lobo says: Responder

    Amei as dicas. Boa viagem!!!

Deixe uma resposta